Por divulgação
10/04/2019 22:52:06 | Atualizada em 13/04/2019 12:47:46

Segundo dia tem ações de marketing e boa moda

 “Dividir a passarela com grandes nomes da moda, em um evento como o Minas Trend é o ponto mais alto da minha carreira, estar aqui é a realização de um sonho” – Mariana Amaral

“Participar de um desfile no Minas Trend é se mostrar pro mundo. Através do desfile do ano passado, chegamos mais longe e vendemos para Israel, Amsterdam e Nova Zelândia” Claudia Chilaze

"Participar do desfile significa a consolidação do nosso trabalho, feito com muita dedicação de todos os nossos colaboradores, colegas e parceiros. É uma honra compartilhar o palco com estas designers fantásticas. Só posso agradecer. Muito obrigado!" – Hector Albertazzi

“Eu só tenho a agradecer a oportunidade de participar, principalmente no ano em que estamos comemorando 25 anos, fazer uma apresentação com a delicadeza do olhar de Marina Sucupira, a música ao vivo... é tudo muito gratificante”, Lázara

O desfile coletivo do Sindijoias MG no Minas Trend, aconteceu na noite de terça-feira (09/04) mostrando mais uma vez a força do setor. Essa foi a quarta apresentação do sindicato no evento, que desta vez contou com quatro marcas: Lázara, Mariana Amaral , Atelier Chilaze e Hector Albertazzi. A última, fazendo sua estreia nesta temporada.

“É um grande desafio fazer uma apresentação de acessórios na passarela, onde os olhares estão sempre voltados para a roupa” conta Carlos Penna, coordenador geral. Junto com Mariana Sucupira, stylist do desfile, conseguiu mostrar a pluralidade das marcas de forma coesa e harmoniosa. “Não nos preocupamos em achar um denominador comum, a ideia foi celebrar a personalidade de cada marca”.

Embalando tudo, a modelo Thais Borges, da agência Live, que fez a trilha ao vivo.

Atelier Chilaze

Na 3ª geração da produção de bijuterias familiar, as irmãs Sandra e Cláudia estão há oito anos por trás da marca Atelier Chilaze. A tradição da família data de 1940, no Saara (RJ), e em respeito ao próprio DNA, vão na contramão das fast-fashion, apostando fortemente em uma produção artesanal.

https://www.instagram.com/atelierchilaze

Hector Albertazzi começou sua história em 1983, em uma pequena oficina de joias. Suas peças ganham forma através de um minucioso trabalho artesanal. Toda produção é interna e segue rigorosamente os processos de fabricação de joias, desde a fundição do metal até o acabamento precioso das peças. 

http://www.hectoralbertazzi.com.br

  

 

Conheça as histórias mais inspiradoras de mulheres como você, que conquistaram seu espaço de trabalho, com muita luta e amor pelo que fazem.