Por Liliane Pedrosa
26/02/2019 11:16:56 | Atualizada em

Bailarina piauiense ingressa em escola americana

A bailarina piauiense Anne Jullieth ingressou este ano em uma das mais prestigiadas escola de balé do mundo, a The Rock School, na Philadelphia(EUA). Uma oportunidade e incentivo que praticamente assegura o futuro de sua carreira artística.

A The Rock School Education concentra-se na excelência e educação do ensino do ballet para crianças e jovens talentos, com um dos principais programas de treinamento profissional do país. Além da excelência do corpo docente, atenção individual, possui um programa acadêmico interno e exclusivo, programa de residência supervisionada, um ambiente estimulante que atraem dançarinos de todo o mundo. Aproximadamente 1.500 bailarinos fazem audições a cada ano, o que mostra a credibilidade da entidade para a dança mundial.

“Seus bailarinos são constantemente premiados, competindo e se destacando no Youth America Grand Prix(Nova York), Prix de Lausanne, Competições Mundiais de Ballet, Competição Internacional de Ballet dos EUA, IBC de Moscou e Tanzolymp em Berlim”, diz a mãe de Anne, Geisa Pinheiro.

Ao longo de mais de 50 anos de história, a escola formou bailarinos para a maioria das companhias de dança de renome em todo o mundo, tornou-se uma instituição independente, sem fins lucrativos, concentrando-se intensamente em sua missão: excelência em educação de dança.

Segundo a mãe, a trajetória de Anne Jullieth sempre foi de muito esforço e dedicação. Hoje aos 17 anos, ela lembra que a filha estudou na Escola de Dança do Estado Lenir Argento, Ballet Helly Batista e Especial Academia de Ballet, onde se tornou solista e protagonizou vários balés importantes. Ano passado, se formou na Royal Academy of Dance de Londres.

Seu desempenho sempre foi expressivo não lhe faltando certificados, premiações, medalhas e troféus. Aos oito anos de idade, ela venceu o primeiro concurso, e hoje traz um currículo de títulos que inclui mais de quarenta competições no Brasil e onze competições internacionais.

Conquistas que lhe custaram muita dedicação e esforço. Tanto sucesso, é claro, vem acompanhado de muitos sacrifícios, mas também de bons resultados. “Durante anos, ela recebeu propostas de bolsa de estudos em vários países, as mais interessantes vieram da Alemanha, Paris e de três cidades americanas: Houston, no Texas; New York e Philadelphia, na Pensilvânia. Um sonho, conquistado graças ao seu talento, esforço e dedicação”.

Em janeiro, ela esteve no lV Fórum de Ballet e Dança da Especial Academia, que aconteceu entre os dias 07 e 25, na cidade de Praia Grande(SP). Para o encerramento do evento foi remontado 'O Lago dos Cisnes' com música de Tchaikowsky e coreografia de Petipa/Ivanov, um ballet dramático em quatro atos apresentado, no Teatro Municipal Brás Cubas, na cidade de Santos. A apresentação contou com a participação de todos os alunos e solistas convidados. “O que é muito interessante pois proporciona a todos a experiência de dançar um balé de repertório completo e aos estudantes atuar ao lado de bailarinos profissionais, fazendo que o aluno vivencie todo o processo desde a sala de aula até o palco. Anne Jullieth fez o papel principal do balé, protagonizando Odette, o Cisne Branco”.

Agora de nova casa, ela segue em mais esse desafio que parece ser o mais importante para sua carreira.

Conheça as histórias mais inspiradoras de mulheres como você, que conquistaram seu espaço de trabalho, com muita luta e amor pelo que fazem.