Por Cinthia Lages
01/01/2020 21:06:18 | Atualizada em

A Arte é libertadora

Nunca, a Arte foi tão libertadora!

No município de  Jerumenha,  interior do Piauí, as grades das celas da antiga Cadeia Pública ficavam de frente para a rua. Um castigo a mais para os detentos que eram vistos pela população que circulava pelo local. Hoje, quem olhar para o prédio, vai ver jovens fazendo  Arte. Literalmente! É que no último dia de 2019, o  prédio histórico, construído em 1851 e que estava em ruínas desde que deixou se ser o único local de detenção do pequeno município, foi transformado num  Polo de Cultura, e passa a ser administrado por um grupo de jovens artistas do município. Apesar da degradação, acelerada desde a década de 1970,  a velha Cadeia era  símbolo da cidade.

Tudo por conta do episódio da “prisão” de uma imagem de Santo Antônio, encarcerada para proteção durante conflitos de terras pertencentes ao Padroeiro. Com o espaço  que inclui sala de leitura, oficinas e acervo com a memória de Jerumenha, já são quatro os prédios de velhas  prisões piauienses que se tornaram locais de produção artística e cultural  Raimundo Nonato, cidade sede do Parque Nacional da Serra da Capivara também ganhou um Ponto de propagação de danças, música e teatro. São João do Piauí ganhou uma Biblioteca Pública e Pimenteiras transformou o imóvel  abandonado  um Polo de Produção para  50 artesãs.
Para a reutilização dos imóveis foram feitas reformas na estrutura, mantendo características arquitetônicas, como as antigas fachadas com paredes de pedras. Segundo a arquiteta Patrícia Mendes, "terminar o ano transformando uma das mais antigas cadeias do Piauí em espaço de reflexão e arte é libertador". Patrícia é responsável pelos projetos de recuperação dos imóveis que estão recebendo nova utiulização no estado.

Um investimento não chegou a R$ 600 mil reais para a recuperação e  modernização  dos  prédios, diz o secretário de Cultura do estado, deputado  Fábio Novo (PT), que é jornalista e pedagogo. “Agora, já estamos iniciando a recuperação das estações ferroviárias que não são mais utilizadas”, informa. Nos últimos quatro anos, o Piauí conseguiu também inaugurar 14 teatros no interior do estado.

Conheça as histórias mais inspiradoras de mulheres como você, que conquistaram seu espaço de trabalho, com muita luta e amor pelo que fazem.